Testemunho de Eric

Testemunho de Eric

Leia abaixo o testemunho de Eric Woehrling que corrobora as dificuldades  mostradas por algumas pessoas com dislexia em organizar-se no lugar e no tempo.

 

“Meu problema era que eu não podia fazer coisas como entender horários, ler mapas ou lembrar comandos.

No meu primeiro dia de escola em Bruxelas, nossa primeira aula era de matemática com nosso antigo professor, que nos deu a agenda para o ano. Inexplicavelmente eu assumi que matemática seria a primeira aula de cada dia da semana. Parcialmente, como resultado disto, eu cheguei tarde em todas as aulas na primeira semana e, frequentemente, no resto de minha vida escolar. Uma vez, o professor teve que enviar um aviso de advertência.

O que me dói é o fato de que minha interpretação da agenda não era a priori ilógica, embora fosse certamente estranha; acontecia apenas que todos os demais sabiam automaticamente quais regras seguir e eu, não.

A dislexia frequentemente deixa você se sentir exposto desse modo, como um soldado na parada, que vira para a esquerda quando o resto do regimento se vira para a direita.

No meu caso, virar atrasado era um ritual que a classe aguardava e a minha desconsolada entrada, talvez de modo compreensível, provocaria ondas de riso histérico.

Estas e outras dificuldades relacionadas faziam de mim um objeto de diversão entre meus colegas e, frequentemente, provocavam o caos no trabalho escolar, impedindo-me de explorar meu potential. Isto tudo parecia muito injusto, porque não havia nada, fundamentalmente, irracional no que eu estava fazendo; consequentemente, eu me sentia ressentido e humilhado a maior parte do tempo. Hoje, quando cometo erros  similares aos que cometia naqueles dias,  posso sentir a frustração muito bem, somente por causa das associações que emergem.

Isto nos leva a uma importante conclusão. Embora a ortografia e as agendas sejam frequentemente arbitrárias, eles são essenciais à vida em sociedade.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 13 =